Ir para o topo da página Ir para o conteúdo principal Ir para o fim da página

Chocolate: Dependência Psicológica?

[Chocolate: Dependência Psicológica?]

A necessidade que algumas pessoas sentem em comer chocolate já é considerada um vício, é o caso do dito chocólatra. Esse tipo de fragilidade é algo que pode afetar a qualquer pessoa, porém, esse fator pode variar de acordo com o organismo e o emocional de cada um, ou ainda por algum vazio e insatisfação pessoal. Geralmente, o vício do chocolate é desencadeado por uma crise de ansiedade ou nervosismo. Quando o caso foge do controle do viciado, e a vontade passa a ser uma necessidade física, é preciso procurar ajuda médica e iniciar o tratamento como qualquer outra doença. Nestes casos, o psicólogo ou o psiquiatra são os mais indicados.

O caso chega ao estado viciante quando o organismo responde ao açúcar do chocolate, aumentando o nível de serotonina no cérebro e acalmando as células cerebrais. Isso provoca uma sensação de relaxamento e bom humor nas pessoas, preenchendo o tal “vazio”. E como todo vício, o excesso de consumo traz consequências para o corpo humano. No caso do chocolate, a obesidade é o principal problema desencadeado.

Portanto, relacionar o consumo compulsivo de chocolate com o estado psicológico e emocional da pessoa já virou pauta de estudo para muitos profissionais da área da saúde. Mesmo que a dependência da guloseima já tenha sido considerada um vício, ainda há muitos #mitos que rodeiam o assunto.

 

Matéria Original: https://www.facebook.com/IntegreLondrina/photos/a.136336633363982.1073741828.132632837067695/278206009177043/?type=3&theater